Fim do auxílio e vacinação atrasada: Dino aponta 'insensibilidade e incompetência' de Bolsonaro

O governador do Maranhão utilizou o Twitter para manifestar indignação com o que chamou de "desastres bolsonaristas"

Flávio Dino e Jair Bolsonaro
Flávio Dino e Jair Bolsonaro (Foto: Felipe L. Gonçalves/Brasil247 | Adriano Machado/Reuters)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - O governador do Maranhão, FLávio Dino (PcdoB), manifestou nesta quarta-feira (30) indignação com a gestão da crise sanitária pelo governo Jair Bolsonaro.

Para ele, o fim do auxílio emergencial, vitória da oposição no Congresso Nacional que garantiu o sustento de diversas famílias brasileiras, e a vacinação contra a Covid-19 que nem começou ainda no país indicam uma "rara combinação" entre "insensibilidade" e "incompetência" do governo federal.

"Desastres bolsonaristas: acabou o auxílio emergencial e não começou a vacinação. Rara combinação de insensibilidade com incompetência", escreveu no Twitter.

PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email