Globo diz que o Nordeste dá um show de governança, mas ignora herança dos governos Lula e Dilma

A situação econômica dos Estados do Nordeste começa a chamar a atenção de analistas. O jornal O Globo destacou a boa situação fiscal, o avanço acelerado dos indicadores sociais, mas ignorou a origem das boas condições econômicas semeadas nos governos Lula e Dilma

Economia do Nordeste mantém crescimento
Economia do Nordeste mantém crescimento (Foto: INA FASSBENDER)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A situação econômica dos Estados do Nordeste começa a chamar a atenção de analistas. O jornal O Globo destacou a boa situação fiscal, o avanço acelerado dos indicadores sociais, mas ignorou a origem das boas condições econômicas semeadas nos governos Lula e Dilma. 

Em matéria que elogia a região brasileira do começo ao fim, o texto alogia a sinergia entre os estados e a sequência técnica de ações que visaram melhorar a governança. 

A reportagem descata o contraste entre a situação precária dos estados do sul e sudeste e valorizam a situação fiscal dos nordestinos. 

A matéria ainda informa que "dos dez estados que mais investem hoje no país, cinco são do Nordeste, segundo dados de Claudio Hamilton Santos, coordenador de Políticas Macroeconômicas do Ipea, que vem acompanhando as finanças estaduais. Ceará e Alagoas despontam na primeira posição, destinando 8,8% e 8,5% de suas receitas ao investimento público."

Santos ainda diz: "em geral, os estados do Nordeste estão indo melhor que os do centro-sul e do Sudeste em particular (nas contas públicas). Bahia, Ceará e Alagoas são mais bem geridos. Como dependem mais da dinâmica agrícola, foram menos afetados pela recessão (em comparação com estados industrializados), e a arrecadação sofreu menos. Há estados nos quais a receita já está 10% maior que em 2014 (início da crise)"

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247