CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Nordeste

José Reinaldo decreta derrota eleitoral dos Sarney

O ex-governador em artigo no Jornal Pequeno afirma que a governadora Roseana Sarney foi comunicada pelo cientista político Antonio Lavareda que o pré-candidato governista Luis Fernando Silva (PMDB) perderá as eleições; em sua análise o socialista diz ainda que a governadora deixou de acompanhar o seu auxiliar nas viagens para “tentar não se contaminar”; o articulista ainda revela que a conclusão do cientista político é de que Roseana não deixe o cargo de governadora

Imagem Thumbnail
O ex-governador em artigo no Jornal Pequeno afirma que a governadora Roseana Sarney foi comunicada pelo cientista político Antonio Lavareda que o pré-candidato governista Luis Fernando Silva (PMDB) perderá as eleições; em sua análise o socialista diz ainda que a governadora deixou de acompanhar o seu auxiliar nas viagens para “tentar não se contaminar”; o articulista ainda revela que a conclusão do cientista político é de que Roseana não deixe o cargo de governadora (Foto: Itevaldo Junior)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Maranhão 247 - O ex-governador José Reinaldo Tavares (PSB) em artigo publicado hoje no Jornal Pequeno diz que o cientista político Antonio Lavareda comunicou a governadora Roseana Sarney (PMDB) que a eleição para governador tendo Luis Fernando Silva, secretário estadual de Infraestrutura, como candidato estaria perdida.
Em sua análise, José Reinaldo diz ainda que Roseana Sarney deixou de acompanhar Luis Fernando nas viagens para “tentar não se contaminar”. O secretário tem inaugurado obras de estradas e assinado ordens de serviços para pavimentação de ruas com prefeituras.
“O marqueteiro teria dito a Roseana que a eleição para governador – considerando a candidatura de Luís Fernando – estaria perdida, nada mais havendo a fazer, depois de tudo o que fora feito até agora. De fato, creio que ela não tem mais dúvidas disso há muito tempo e, para tentar não se contaminar mais, deixou de andar com ele e parou de acompanhá-lo nas viagens, que Fernando continua a fazer sozinho, abandonado, sem políticos ao seu redor”, escreveu Tavares.
Segundo a avaliação do ex-governador Antonio Lavareda teria deixado Roseana Sarney com muito medo de perder a eleição. “Ao que parece, Lavareda teria deixado Roseana com muito medo de uma derrota, ao fazer análises mostrando que ela estava muito contaminada pelo clima de derrota que envolvia o seu candidato e que não tinha fatos positivos para mostrar, pois não cumprira nenhuma promessa de campanha até hoje”, sentenciou Tavares.
Num outro trecho, o articulista do Jornal Pequeno revela que a conclusão do cientista político Antonio Lavareda é de que Roseana não deixe o cargo de governadora.
“A conclusão dele era de que Roseana não deveria disputar a eleição e que deveria ficar no governo até o fim de seu mandato, para tentar cumprir pelo menos algumas de suas promessas. Foi daí, suponho, que nasceu o discurso maluco de que quando saísse, deixaria um Maranhão de ‘primeiro mundo’”, escreveu o ex-governador.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO