Líder do PDT expõe Ciro Gomes e diz que não recebeu nenhuma ligação antes da votação da PEC da reeleição de Bolsonaro

Deputado Wolney Queiroz disse que não recebeu nenhuma ligação ou recado antes da votação e também colocou seu cargo à disposição

Ciro Gomes
Ciro Gomes (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 – O deputado Wolney Queiroz (PDT-PE) expôs Ciro Gomes, que suspendeu sua candidatura presidencial após o apoio do PDT à PEC da reeleição de Jair Bolsonaro, que lhe dá um cheque em branco de R$ 94 bilhões em ano eleitoral. "Importante ressaltar uma coisa: a votação dessa PEC 23 (Precatórios) era assunto predominante nos noticiários em todas as TVs, portais, blogs e jornais do Brasil. A imprensa especializada já anunciava que PDT e PSB poderiam votar a favor da PEC. Apesar disso, não recebi do presidente Ciro um telefonema, um e-mail, uma mensagem, um recado. Nada. Rigorosamente nenhuma orientação", escreveu Wolney Queiroz no texto para sua bancada, segundo reportagem do Globo.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:


PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email