Maranhão terá quinto campo de gás natural

A empresa de energia Eneva iniciará a operação de seu quinto campo de gás natural no Maranhão, atualmente o segundo maior produtor de gás em terra no País. De acordo com a empresa, o campo de Gavião Azul, no município de Capinzal do Norte, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, começa a produzir no próximo dia 30, e fornecerá combustível para o Complexo Termelétrico Parnaíba, na vizinha Santo Antônio dos Lopes; resultado de um investimento de R$ 9 bilhões, o projeto é atualmente o maior polo de geração térmica a gás do Brasil, com potência de 1,4 mil MW

A empresa de energia Eneva iniciará a operação de seu quinto campo de gás natural no Maranhão, atualmente o segundo maior produtor de gás em terra no País. De acordo com a empresa, o campo de Gavião Azul, no município de Capinzal do Norte, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, começa a produzir no próximo dia 30, e fornecerá combustível para o Complexo Termelétrico Parnaíba, na vizinha Santo Antônio dos Lopes; resultado de um investimento de R$ 9 bilhões, o projeto é atualmente o maior polo de geração térmica a gás do Brasil, com potência de 1,4 mil MW
A empresa de energia Eneva iniciará a operação de seu quinto campo de gás natural no Maranhão, atualmente o segundo maior produtor de gás em terra no País. De acordo com a empresa, o campo de Gavião Azul, no município de Capinzal do Norte, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, começa a produzir no próximo dia 30, e fornecerá combustível para o Complexo Termelétrico Parnaíba, na vizinha Santo Antônio dos Lopes; resultado de um investimento de R$ 9 bilhões, o projeto é atualmente o maior polo de geração térmica a gás do Brasil, com potência de 1,4 mil MW (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - A empresa de energia Eneva iniciará a operação de seu quinto campo de gás natural no Maranhão, atualmente o segundo maior produtor de gás em terra no País. De acordo com a empresa, o campo de Gavião Azul, no município de Capinzal do Norte, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, começa a produzir no próximo dia 30, e fornecerá combustível para o Complexo Termelétrico Parnaíba, na vizinha Santo Antônio dos Lopes. Resultado de um investimento de R$ 9 bilhões, o projeto é atualmente o maior polo de geração térmica a gás do Brasil, com potência de 1,4 mil megawatts (MW). Integra a produção de gás natural e a geração de energia em um mesmo empreendimento. Dois terços do orçamento é invetido térmicas e o resto na exploração e produção de gás natural.

Controlada pela Cambuhy Investimentos e pelo banco BTG Pactual, a empresa produz 8,4 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural em quatro campos na região, todo o volume direcionado à operação das usinas, de acordo com informações divulgadas pelo jornal Folha de S. Paulo. O complexo da Eneva, que começou a produzir em 2013, vem operando a capacidade máxima, diante da necessidade de poupar água nos reservatórios das hidrelétricas brasileiras.

O gás do campo de Gavião Azul também será destinado às térmicas, para substituir produção de campos mais antigos.

A Eneva tem pronto um projeto para ampliar em 360 megawatts sua capacidade de geração de energia, com o uso de gases gerado por duas turbinas que ficam no complexo. A expansão está prevista em Termo de Ajuste de Conduta assinado em 2014 com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) por atrasos no início de operação de algumas unidades, mas depende de um leilão para venda de sua energia no mercado.

A empresa defende que a energia está sendo desperdiçada nas chaminés das térmicas e que chegaria ao mercado a preço competitivo.




A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo APOIA.se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247