Óleo que atinge Nordeste pode ter vazado de navio embargado

De acordo com o comandante da Marinha Ilques barbosa, o óleo que se espalha pela costa do Nordeste pode ser de um "dark ship", ou seja, de um navio que opera irregularmente e que pode ter sua origem em algum embargo internacional

247 - Ilques barbosa, comandante da Marinha, afirmou nesta 3ª feira (22) que o óleo que atingiu a costa do Nordeste pode ter partido de algum navio irregular, os chamados “dark ships“, informa o Poder 360.

"A linha de investigação inicial lidava com 1.000 embarcações. 'O mais provável é de que 1 dark ship teve 1 incidente e, infelizmente, não progrediu a informação como deveria', disse, após reunião com o presidente em exercício, Hamilton Mourão, no Palácio do Planalto. Por convenção internacional, todo incidente de navegação deve ser informado pelo comandante responsável", conta a reportagem.

DARK SHIP

Dark ship são navios que têm seus dados informados às autoridades, mas, em função de qualquer restrição, de embargo que acontece, eles levam cargas que não podem ser comercializadas.

Conforme publicado no Brasil 247, o desastre ambiental no litoral do Nordeste brasileiro pode ter origem nas "sanções" que os EUA impõem à Venezuela e à PDVSA, a gigante estatal daquele país. Navios rastreados por satélites são uma exigência da Organização Marítima Internacional, mas a retaliação dos EUA pode ter desencadeado uma frota imensa de navios-fantasma. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247