Paulo Leitão, defensor do nazismo, é encontrado morto

Leitão tinha 48 anos, era de Natal e teve a conta do instagram removida por causa de suas postagens mentirosas sobre fatos históricos e defesa do nazismo

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


Saiba Mais - O consultor de musculação estética, o potiguar Paulo Leitão de Gregório, também conhecido por suas postagens em defesa do nazismo e da extrema direita, foi encontrado morto neste sábado (25), em Natal, Rio Grande do Norte. A informação foi confirmada pelo Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep). À princípio, a suspeita é que a morte tenha ocorrido por causas naturais.

Leitão tinha 48 anos, era de Natal e teve a conta do instagram removida por causa de suas postagens mentirosas sobre fatos históricos e defesa do nazismo. Em algumas delas, Paulo Leitão dizia que o Diário de Anne Frank era uma invenção. O diário escrito por Anne Frank, uma garota judia morta por nazistas no campo de concentração de Bergen-Belsen, na Alemanha, foi transformado em livro por seu pai, único sobrevivente da família ao holocausto.

Em abril de 2020, Leitão foi autuado pela Polícia Civil do RN por suspeita de apologia contra a prática do isolamento social em Natal, durante a pandemia da covid-19. O consultor de musculação teria postado em seu perfil um vídeo no qual incentivava as pessoas a descumprirem a recomendação de isolamento social, o que infringia uma determinação do Poder Público para evitar a propagação do vírus. Na época, Leitão assinou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado. Em um dos vídeos, Leitão ironizava a existência da pandemia:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eu estava errado e as pessoas que estavam certas. Existe realmente uma epidemia gigantesca, inclusive, eu vou pedir ao motorista aqui para desviar dos cadáveres. Tá cheio de cadáver na rua né por causa do coronavírus…”, debochou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
Paulo Leitã postagem

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email