PDT de Fortaleza penaliza pacientes com câncer em meio a disputa política com o PT

Vereador Carlos Mesquita disse que a prefeitura reduziu as verbas para o grupo de pacientes para 'provocar' o governador: "foi um corte proposital para ver se o estado se mancava"

(Foto: Reprodução/Facebook)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - O vereador Carlos Mesquita, representante do PDT na capital cearense, revelou durante uma sessão da Câmara Municipal nesta semana que houve um corte nos recursos destinados às consultas iniciais de pacientes com câncer, destaca o Metrópoles. A medida teria sido tomada como forma de 'pressionar' o governo estadual, liderada por Elmano de Freitas, do PT.

“Este corte foi intencional para que o estado percebesse e arcasse com sua parte”, afirmou Mesquita durante seu discurso no plenário. Ele é o líder do governo de Sarto (PDT) na Câmara Municipal de Fortaleza. Essa declaração se insere no contexto da acirrada disputa política entre figuras ligadas ao pedetista Ciro Gomes e ao governador petista.

continua após o anúncio

A ação, segundo Mesquita, teve como propósito forçar o governo estadual a assumir suas responsabilidades, utilizando os recursos destinados às consultas de pacientes oncológicos como um meio de pressão. 

Assista: 

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247