CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
Nordeste

Pesquisa mostra industrial maranhense mais confiante

Índice de Confiança do Empresário Industrial, apurado mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), apontou 59,9 pontos em março; o Icei do Maranhão ficou acima dos valores registrados para o Nordeste e para o Brasil; no primeiro cenário - Nordeste -, o índice ficou em 56,3 pontos, o que demonstra otimismo com destaque para as empresas de pequeno porte

Imagem Thumbnail
Índice de Confiança do Empresário Industrial, apurado mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), apontou 59,9 pontos em março; o Icei do Maranhão ficou acima dos valores registrados para o Nordeste e para o Brasil; no primeiro cenário - Nordeste -, o índice ficou em 56,3 pontos, o que demonstra otimismo com destaque para as empresas de pequeno porte (Foto: Itevaldo Junior)
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

Maranhão 247 - O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) do Maranhão de março ficou em 59,9 pontos. O resultado da pesquisa, que é realizada mensalmente pela Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), mostra que os industriais maranhenses permanecem confiantes, apesar de o indicador ser 2,5 pontos abaixo do que foi registrado em fevereiro.
O Icei do Maranhão ficou acima dos valores registrados para o Nordeste e para o Brasil. No primeiro cenário - Nordeste -, o índice ficou em 56,3 pontos, o que demonstra otimismo, apesar do recuo de 0,9 ponto no período. Já para o Brasil, houve aumento de 0,1 ponto em relação ao mês anterior, e para este cenário, o Icei marcou 52,5 pontos.
O otimismo para o cenário maranhense, detectado pela pesquisa, reflete o ânimo das empresas de pequeno porte, cujo indicador ficou em 62,1 pontos, enquanto as empresas de grande e médio porte tiveram o indicador em 59,3 pontos.
Quando se olha para os segmentos da indústria, percebe-se que as extração e transformação do Maranhão permanecem em boas condições, como demonstra o indicador em 58,6 pontos, o que sinaliza melhorias. No entanto, a Construção Civil apresenta uma situação oposta, com o indicador em 44 pontos, o que sinaliza que as condições das empresas pioraram ante os últimos seis meses.
Quanto às expectativas para os próximos seis meses, a pesquisa indica que há confiança. Para a Construção Civil, o índice geral ficou em 60,6 pontos para março, enquanto as indústrias de transformação e extração ficou em 67,9 pontos.

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO

iBest: 247 é o melhor canal de política do Brasil no voto popular

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Cortes 247

CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO
CONTINUA APÓS O ANÚNCIO