Petrobras confirma licitação da refinaria para abril no Maranhão

A refinaria Premium I que até então aparecia como projeto em avaliação, mudou de status e no novo Plano de Negócios e Gestão da Petrobras integra a carteira de processo em licitação; no anúncio foi feito pela presidente da Petrobras, Graça Foster, ela também  adiantou que a possível parceria com estatal chinesa Petrochemical Corporation Sinopec para entrar como sócio do projeto de refino no Maranhão está em elevado nível de maturidade; a refinaria que será instalada em Bacabeira, a 60 km de São Luís, será a maior refinaria da Petrobras, com capacidade para processar 600 mil barris/dia de petróleo

A refinaria Premium I que até então aparecia como projeto em avaliação, mudou de status e no novo Plano de Negócios e Gestão da Petrobras integra a carteira de processo em licitação; no anúncio foi feito pela presidente da Petrobras, Graça Foster, ela também  adiantou que a possível parceria com estatal chinesa Petrochemical Corporation Sinopec para entrar como sócio do projeto de refino no Maranhão está em elevado nível de maturidade; a refinaria que será instalada em Bacabeira, a 60 km de São Luís, será a maior refinaria da Petrobras, com capacidade para processar 600 mil barris/dia de petróleo
A refinaria Premium I que até então aparecia como projeto em avaliação, mudou de status e no novo Plano de Negócios e Gestão da Petrobras integra a carteira de processo em licitação; no anúncio foi feito pela presidente da Petrobras, Graça Foster, ela também  adiantou que a possível parceria com estatal chinesa Petrochemical Corporation Sinopec para entrar como sócio do projeto de refino no Maranhão está em elevado nível de maturidade; a refinaria que será instalada em Bacabeira, a 60 km de São Luís, será a maior refinaria da Petrobras, com capacidade para processar 600 mil barris/dia de petróleo (Foto: Itevaldo Junior)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

MARANHÃO 247 - A presidente da Petrobras, Graça Foster durante a divulgação do Plano Estratégico 2030 e Plano de Negócios e Gestão (PGN) da companhia para o período 2014-2018 confirmou para abril o processo licitatório para implantação da Refinaria Premium I, em Bacabeira (a 60 km de São Luís).

"Estamos trabalhando para abril a licitação das refinarias Premium I e II", disse Graça Foster. Ela adiantou que a possível parceria com estatal chinesa Petrochemical Corporation Sinopec para entrar como sócio do projeto de refino no Maranhão está em elevado nível de maturidade.

A Premium I, que até então aparecia como projeto em avaliação, mudou de status e no novo Plano de Negócios e Gestão da Petrobras integra a carteira de processo em licitação, assim como a Premium II, no Ceará, e projetos de exploração e produção no Brasil que ainda passarão por contratação de suas unidades.

A Petrobras e a Sinopec assinaram, em junho do ano passado, Carta de Intenções com o objetivo de desenvolver estudo conjunto para o projeto da Refinaria Premium I e a possível viabilidade de criação de uma joint venture entre as empresas, para implementação do empreendimento em Bacabeira.

Ontem, Graça Foster informou que outros investidores manifestaram interesse na parceira. "É preciso que se garanta aos sócios a rentabilidade do negócio", observou, dando a entender que se trata de uma discussão bem detalhada e complexa.

O diretor de Abastecimento da Petrobras, José Carlos Cosenza, lembrou que a Refinaria Premium I passou por um processo de avaliação do projeto, mas que o empreendimento está no plano de investimentos da companhia.

Maior - A Premium I, que será instalada em Bacabeira, a 60 km de São Luís, será a maior refinaria da Petrobras, com capacidade para processar 600 mil barris/dia de petróleo. A unidade produzirá óleo diesel, querosene de aviação (QAV), nafta petroquímica, GLP (gás de cozinha), bunker (combustível para navios) e coque.

Numa primeira fase o empreendimento, as obras de terraplenagem atingiram 100% da área sul do terreno, atendendo ao cronograma inicial de implantação do projeto.

Quando foi lançada pela Petrobras, a Refinaria Premium I estava orçada em R$ 40 bilhões. Esse valor de investimento, porém, foi reavaliado e submetido a métricas internacionais. O projeto foi redesenhado no exterior, para reduzir custos e se tornar mais viável.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email