PMs anunciam operação tartaruga no Carnaval

A medida segundo a direção da Associação dos Servidores Militares do Maranhão é uma forma de mostrar o descontentamento da categoria com reajuste salarial de 7%, anunciado na semana passada pela governadora Roseana Sarney (PMDB); com o reajuste um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80  em 2013, a partir de março deste ano, terá uma remuneração de R$ 2.564,58; segundo o governo a partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6%, já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor, os militares reivindicavam aumento de 18%

A medida segundo a direção da Associação dos Servidores Militares do Maranhão é uma forma de mostrar o descontentamento da categoria com reajuste salarial de 7%, anunciado na semana passada pela governadora Roseana Sarney (PMDB); com o reajuste um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80  em 2013, a partir de março deste ano, terá uma remuneração de R$ 2.564,58; segundo o governo a partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6%, já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor, os militares reivindicavam aumento de 18%
A medida segundo a direção da Associação dos Servidores Militares do Maranhão é uma forma de mostrar o descontentamento da categoria com reajuste salarial de 7%, anunciado na semana passada pela governadora Roseana Sarney (PMDB); com o reajuste um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80  em 2013, a partir de março deste ano, terá uma remuneração de R$ 2.564,58; segundo o governo a partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6%, já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor, os militares reivindicavam aumento de 18% (Foto: Itevaldo Junior)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

MARANHÃO 247 - Policiais militares e bombeiros decidiram em Assembleia reduzir as atividades de policiamento no período carnavalesco. A previsão é que a operação tartaruga se estenda até o dia 14 de março.

O movimento – chamado de “Operação Legal” pela categoria – já começou ontem mesmo, e consiste em agir somente dentro do que determina a lei, principalmente em casos de abordagens.

A medida segundo o comando da Associação dos Servidores Militares do Maranhão é uma forma de mostrar o descontentamento da categoria com reajuste salarial de 7%, anunciado na semana passada pela governadora Roseana Sarney (PMDB). Os militares reivindicavam aumento de 18%.

“Na verdade, os militares não foram contemplados com aumento salarial este ano, pois os 7% anunciados por Roseana ainda é resultado de um acordo firmado em 2011, ou seja, na época da greve”, afirmou o presidente da Associação dos Servidores Militares do Maranhão, Cabo Mendes. Após greve em 2011, o governo concedeu 10,41% de aumento que passou a vigorar a partir do ano de 2012.

A secretaria estadual de Comunicação, por meio de nota, informou que, em março, a tabela de vencimentos da Polícia Militar do Maranhão (PMMA) será reajustada linearmente em 7%, conforme acordo firmado com a categoria. Com o reajuste um soldado, por exemplo, que recebia R$ 2.396,80 em 2013, a partir de março deste ano, terá sua remuneração elevada para R$ 2.564,58.

Segundo o governo a partir de 2015, os vencimentos serão acrescidos em 5,6%, já como aplicação do Plano Geral de Cargos e Carreiras do Servidor. O governo informa, ainda, que desconhece os pleitos dos PMs debatidas na assembleia, na sede da Federação dos Trabalhadores da Indústria no Esta- do do Maranhão (Fetiema), no Canto da Fabril, onde trataram dos passos da operação como ainda das pautas de reivindicações que serão apresentadas para o governo, no dia 14 de março.

Dentre as reinvindicações, estão o aumento salarial; revogação do artigo 22 da Lei Complementar Estadual 73; redução de carga horário de serviço e outras. 300 militares fizeram assembleia para discutir passos da operação 

Durante a operação tartaruga nem todo suspeito será abordado e revistado pelos PMs; isso só ocorrerá com aqueles que, comprovadamente, possam estar envolvidos em algum delito.

As viaturas policiais só irão circular dentro do limite de velocidade permitido para cada avenida e rua da cidade.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email