Presidente do PDT, Carlos Lupi propõe a saída de Gadelha

"Quem for do PDT e não estiver com esta chapa não tem mais o que fazer no PDT", disse Carlos Lupi, que apoia João Campos

(Foto: Dir.: Agência Câmara)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Da Agenda do Poder – Numa alusão ao deputado Túlio Gadelha (PDT), o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou nesta noite, no Recife, que os militantes do PDT que não apoiam a candidatura de João Campos (PSB) devem deixar a legenda.

-Quem for do PDT e não estiver com esta chapa não tem mais o que fazer no PDT – bradou ao discursar.

Namorado da apresentadora Fátima Bernardes, Túlio Gadelha abriu uma dissidência no PDT pernambucano para apoiar a candidatura de Marília Arraes, do PT, que lidera as pesquisas de intenção de votos.

Mais cedo, Túlio denunciou em suas redes sociais que a coordenação da campanha do PSB havia tentado comprar o silêncio dele. “Me senti testemunha de um crime. Crime mesmo foi o que eles fizeram nesses últimos anos no Recife”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247