Presos agonizam com falta de ar no chão de presídio em Alagoas (vídeo)

A Agenda Nacional Pelo Desencarceramento denunciou, em vídeo, a situação dos presos que sofrem com falta de ar por conta da superlotação dos presídios do Alagoas

(Foto: Reprodução/Twitter)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Agenda Nacional Pelo Desencarceramento, grupo que luta pelos direitos humanos de pessoas presas, denunciou, em vídeo, a situação dos presos que sofrem com falta de ar por conta da superlotação dos presídios do Alagoas. Cinco detentos aparecem agonizando no chão da penitenciária com falta de ar, no presídio Cyridião Durval de Oliveira e Silva, em Maceió. A superlotação das celas causou as crises nos presos, informou o autor do vídeo.

"Tiramos para atendimento na enfermagem por falta de oxigênio circulando", diz. "Pouco ar, muitos presos dentro de um mesmo ambiente fechado, respirando, e a consequência não poderia ser outra", acrescentou. 

De acordo com dados fornecidos pela Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris) ao Departamento Penitenciário Nacional (Depen), há 44 contaminações confirmadas e 13 casos suspeitos de coronavírus nos presídios de Alagoas. Até então, nenhum preso morreu por conta da doença. 

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247