PT lança suspeitas sobre operação contra governador de Alagoas a 19 dias do 2º turno

Segundo o partido, o afastamento de Paulo Dantas e a ação policial deflagrada contra o emedebista parecem ‘manipulação política’

www.brasil247.com - Paulo Dantas e Gleisi Hoffmann
Paulo Dantas e Gleisi Hoffmann (Foto: Reprodução)


Carta Capital - A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, reagiu nesta terça-feira 11 ao afastamento do governador de Alagoas, Paulo Dantas, e à operação realizada pela Polícia Federal contra o emedebista.

“É suspeitíssima a operação da PF contra governador Paulo Dantas, que lidera as pesquisas em Alagoas”, escreveu Gleisi nas redes sociais. “A 19 dias do segundo turno, cheira a manipulação política, num estado em que a Superintendência da PF é controlada pelo presidente bolsonarista da Câmara dos Deputados.”

Em sua decisão, a ministra do Superior Tribunal de Justiça Laurita Vaz apontou a existência de um esquema de desvio de recursos envolvendo “saques em espécie” por meio de “servidores fantasmas”. Os supostos crimes teriam ocorrido na Assembleia Legislativa de Alagoas sob a presidência de Dantas, entre 2019 e 2021. O total de recursos desviados chegaria a 54 milhões de reais.

Leia a íntegra na Carta Capital.

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247