Ricardo Murad pode desistir de reeleição na AL caso Roseana não renuncie

A decisão do secretário estadual de Saúde teria por objetivo assegurar, ao lado da governadora Roseana Sarney a conclusão dos programas de Governo; até o fim do ano, Murad tem como meta entregar todos os 72 hospitais do programa Saúde é Vida, até o momento, 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 37 hospitais foram entregues; Murad já comunicou a própria governadora de sua intenção, mas não tratou do assunto publicamente, ele passa o Carnaval na cidade de Coroatá, onde sua esposa a ex-deputada Teresa Murad (PMDB) é prefeita

A decisão do secretário estadual de Saúde teria por objetivo assegurar, ao lado da governadora Roseana Sarney a conclusão dos programas de Governo; até o fim do ano, Murad tem como meta entregar todos os 72 hospitais do programa Saúde é Vida, até o momento, 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 37 hospitais foram entregues; Murad já comunicou a própria governadora de sua intenção, mas não tratou do assunto publicamente, ele passa o Carnaval na cidade de Coroatá, onde sua esposa a ex-deputada Teresa Murad (PMDB) é prefeita
A decisão do secretário estadual de Saúde teria por objetivo assegurar, ao lado da governadora Roseana Sarney a conclusão dos programas de Governo; até o fim do ano, Murad tem como meta entregar todos os 72 hospitais do programa Saúde é Vida, até o momento, 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 37 hospitais foram entregues; Murad já comunicou a própria governadora de sua intenção, mas não tratou do assunto publicamente, ele passa o Carnaval na cidade de Coroatá, onde sua esposa a ex-deputada Teresa Murad (PMDB) é prefeita (Foto: Itevaldo Junior)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - O secretário de estado da Saúde, Ricardo Murad (PMDB) avalia se desiste ou não da candidatura à reeleição na Assembleia Legislativa, caso a governadora Roseana Sarney (PMDB) decida não renunciar o cargo para disputar o Senado Federal.
Roseana Sarney deve anunciar a sua decisão após o Carnaval. Mas, ela já antecipou aos seus secretários, que caso não haja consenso entre os membros da base governista na Assembleia Legislativa, em relação ao candidato que deve disputar a eleição indireta na Casa, a governadora permanecerá no cargo.
O secretário Ricardo Murad que já comunicou a própria governadora de sua intenção, mas não tratou do assunto publicamente. Ele passa o Carnaval na cidade de Coroatá, onde sua esposa a ex-deputada Teresa Murad (PMDB) é prefeita.
A decisão do secretário teria por objetivo assegurar, ao lado da governadora Roseana Sarney e de toda a equipe de primeiro escalão do Executivo, a conclusão dos programas de Governo. Até o fim do ano, Murad tem como meta entregar todos os 72 hospitais do Saúde é Vida. Até o momento, 10 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 37 hospitais foram entregues nas mais diversas regiões do estado.
Para o peemedebista, os projetos de seu grupo político estão acima de seus objetivos pessoais, por isso a análise de cenário e o estudo acerca da possibilidade de permanecer no Governo até o fim da gestão de Roseana.
Na semana passada, a governadora entregou mais quatro hospitais do Saúde é Vida. Os municípios contemplados foram Zé Doca, Araguanã, Palmeirândia e Apicum-Açu. Programa Saúde é Vida, carro-chefe do Governo do Estado, é coordenado e executado por Ricardo Murad.
A eventual eleição indireta na Assembleia Legislativa somente deverá ocorrer caso Roseana renuncie o comando do Executivo para a disputa do Senado Federal. Isso porque a Constituição Federal e Estadual determinam que, em caso de vacância dos cargos de governador e vice-governador nos dois últimos anos de mandato, fica sob a responsabilidade do Poder Legislativo realizar o pleito para os postos.
Na atual administração estadual, já não há mais a figura do vice-governador, uma vez que Washington Oliveira foi eleito conselheiro de contas do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Maranhão.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email