“Roseana nunca me disse se será candidata”, afirma Melo

A governadora Roseana Sarney avalia se deixa ou não o governo para ser candidata ao Senado, numa eventual eleição indireta na Assembleia Legislativa, ela defende a candidatura do secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB); o presidente do Legislativo Estadual, deputado Arnaldo Melo (PMDB), disse que aguardará a distância a decisão da governadora em relação a uma eventual candidatura ao Senado e consequentemente sua renúncia do Executivo 

A governadora Roseana Sarney avalia se deixa ou não o governo para ser candidata ao Senado, numa eventual eleição indireta na Assembleia Legislativa, ela defende a candidatura do secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB); o presidente do Legislativo Estadual, deputado Arnaldo Melo (PMDB), disse que aguardará a distância a decisão da governadora em relação a uma eventual candidatura ao Senado e consequentemente sua renúncia do Executivo 
A governadora Roseana Sarney avalia se deixa ou não o governo para ser candidata ao Senado, numa eventual eleição indireta na Assembleia Legislativa, ela defende a candidatura do secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva (PMDB); o presidente do Legislativo Estadual, deputado Arnaldo Melo (PMDB), disse que aguardará a distância a decisão da governadora em relação a uma eventual candidatura ao Senado e consequentemente sua renúncia do Executivo  (Foto: Itevaldo Junior)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Maranhão 247 - O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), afirmou que a governadora não lhe disse ainda se deixará ou não o governo e que por conta disso não existem decisões tomadas a respeito da eleição indireta no Legislativo estadual.
“De certa forma eu me sinto desconfortável de conversar esse assunto com a Roseana, porque essa é uma decisão pessoal, de foro íntimo. O mandato é dela até 31 de dezembro. Ela não me comunicou se vai sair ou não”, disse Melo. Roseana avalia se deixa ou não o governo para ser candidata ao Senado.
Mas, o peemedebista, assegurou, que cumprirá tudo aquilo que for acordado por seu grupo político em relação à eleição indireta na Casa. "O que for acertado comigo eu cumprirei. E tenho a certeza de que o grupo também cumprirá o que for acertado comigo. Portanto, vejo isso com muita tranquilidade", afirmou Melo. Roseana já disse que deixará o governo, apenas se o secretário estadual de Infraestrutura, Luis Fernando Silva for candidato na eleição indireta.
Arnaldo Melo explicou que aguardará a decisão de Roseana em relação à possível candidatura ao Senado, para somente então editar junto com os demais membros da Mesa, e em seguida colocar em votação no Plenário da Casa a Resolução Legislativa que regulamentará os trâmites da eleição indireta. É na resolução que ficarão estabelecidas as regras gerais e específicas para o registro de candidatura, eventuais impugnações, votação e data do pleito.
Arnaldo Melo explicou que os trabalhos a respeito da eleição indireta estão parados na Assembleia, pois dependem de uma comunicação oficial da governadora. “Mas tudo é especulação, porque não se pode dar um passo sobre esse projeto em razão de ser uma decisão uni lateral da governadora. No momento que ela decidir que vai disputar o Senado, aí ela comunicará e, a partir daí, nós iremos agir a respeito”, disse.
Mesmo sem ter conversado sobre eleição majoritária com a governadora, ele afirmou que defende a candidatura de Roseana ao Senado. "Eu defendo dentro do grupo o nome dela para o Senado. É uma grande liderança, muito bem articulada em Brasília e é uma pessoa com certeza que nos traria uma grande contribuição no Senado. Essa é a minha opinião pessoal e política", afirmou.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email