Rui Costa responde a Bolsonaro: para que quer a PM se o Exército está ocupando o aeroporto?

O governador da Bahia, Rui Costa, respondeu a Jair Bolsonaro, que quer participar da inauguração do Aeroporto de Vitória da Conquista (BA) em evento fechado; "Eu não posso colocar a Polícia Militar pra espancar o povo baiano que quer conhecer o aeroporto", disse; em outra entrevista, ele afirmou: "Tá cheio de pessoas do Exército e da Força Aérea lá"

Governador Rui Costa e Presidente Jair Bolsonaro
Governador Rui Costa e Presidente Jair Bolsonaro (Foto: Paula Fróes/GOVBA | Marcos Corrêa/PR)

247 - O governador da Bahia, Rui Costa, deu uma resposta dura ao presidente Jair Bolsonaro, que quer participar da inauguração do Aeroporto de Vitrória da Conquista (BA) apenas com evento fechado, com policiais militares e sem a presença da população. Na semana passada, Bolsonaro causou polêmica, após um comentário preconceituoso contra nordestinos. Ele fez referência aos "governadores de Paraíba" e classificou como "intragáveis" os do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB-MA), e da Paraíba, João Azevêdo (PSB-PB). 

"Eu não posso colocar a Polícia Militar pra espancar o povo baiano que quer conhecer o aeroporto. Quem é impopular e tem medo de ir pras ruas fica em seu gabinete. Se o evento é exclusivamente federal as forças federais que cuidem do presidente", disse Costa à Rádio Metrópole. 

Em outra entrevista, desta vez à BandNews FM, o governador reforçou que "o aeroporto tá todo fechado com o Exécito tomando conta; isso é retórica do presidente pra chamar atenção". 

"Tá cheio de pessoas do Exército e da Força Aérea lá. Não to entendendo essa reivindicação dele quanto à PM. A PM só teria contato com a população que quisesse chegar ao aeroporto, mas tá bloqueada a passagem pelo Exército. (...) É retórica de quem governa pela rede social, que tá querendo mais uma vez criar um factóide", continuou.

Conheça a TV 247

Mais de Nordeste

Ao vivo na TV 247 Youtube 247