Senador baiano diz que 'não tem sangue de barata' e não vai a evento com Bolsonaro

O senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que não irá à inauguração do aeroporto em Vitória da Conquista para não encontrar com Bolsonaro. “Não vou porque diante dessa agressão dele, de chamar o nordestino de ‘paraíba’, pode ter algum desentendimento. Melhor evitar, vamos evitar problemas. A gente não tem sangue de barata”, disse ele

247 - Depois da agressão aos nordestinos, Jair Bolsonaro não deve esperar recepção calorosa durante a inauguração do aeroporto de Vitória da Conquista, nesta terça-feira, 23.

O senador Otto Alencar (PSD-BA) disse que não irá ao evento para não encontrar com Bolsonaro. “Não vou porque diante dessa agressão dele, de chamar o nordestino de ‘paraíba’, pode ter algum desentendimento. Melhor evitar, vamos evitar problemas. A gente não tem sangue de barata”, disse Alencar ao site O Antagonista, alinhado ao governo Bolsonaro.

Ao todo, a obra recebeu investimento de R$ 106 milhões, dos quais R$ 75 milhões oriundos do governo federal e R$ 31 milhões do estadual. O novo aeroporto tem pista de pouso e decolagem de 2.100 metros com 45 metros de largura e pátio tem capacidade para até cinco aviões.

Integrantes do PT local defendem que o governador Rui Costa (PT) não participe do evento ao lado de Jair Bolsonaro. 

“O governador Rui Costa deveria cancelar a participação, ao lado de JairvBolsonaro, da inauguração do novo Aeroporto de Vitória da Conquista. Primeiro, pela deselegância e preconceito do presidente contra os governadores do Nordeste. Segundo, Jair Bolsonaro quer organizar um evento só para a elite. Nós queremos uma cerimônia para o povo. Além do mais, só poderão participar 300 convidados. O governador Rui Costa só terá direito a convidar 70 pessoas”, diz o líder do governo na Assembleia Legislativa da Bahia, deputado Rosemberg Pinto.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247