"Sou contra a linguagem neutra. Não sou candidate. Sou candidata", diz Marília Arraes

"A linguagem neutra invisibiliza as mulheres", disse a candidata ao governo de Pernambuco

www.brasil247.com - Marília Arraes
Marília Arraes (Foto: Reprodução/Twitter/@MariliaArraes)


247 - Candidata ao governo de Pernambuco, Marília Arraes (Solidariedade) se posicionou contra a linguagem neutra, agenda promovida por alguns setores na esquerda.

"Precisamos acolher quem é oprimido e quem sofre violência e respeitar todos como irmãos nossos. Agora, sou contra essa questão de linguagem neutra", disse Marília à Rádio Jornal.

"A linguagem neutra invisibiliza as mulheres. Por que não podemos falar todos e todas? Tem que enfatizar que estamos presentes", defendeu. 

Questionada se gostaria de ser chamada de 'candidate', Marília foi enfática: "Não. Sou candidata. Nunca teve uma mulher candidata disputando com real condição de ganhar a eleição. Nunca teve uma governadora". 

Marília tem sido alvo de fake news que dizem que, em um eventual governo seu, implantaria a linguagem neutra e a ideologia de gênero nas escolas públicas. Ela e o Solidariedade repudiaram as notícias falsas difundidas nas redes sociais. 

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista: 

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

WhatsApp Facebook Twitter Email