TV Cultura de São Paulo chega aos maranhenses

Quem mora no Maranhão poderá, agora, assistir aos conteúdos da TV Cultura de São Paulo; a novidade foi anunciada neste mês quando a emissora oficializou parceria com a TV UFMA, da Universidade Federal do Maranhão, e deu vida ao projeto; a ideia é que a TV UFMA disponibilize 75% da grade da Cultura; em contrapartida, a afiliada vai fornecer produção de conteúdo local para a emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta; foto: da esq. p/ dir.] Fábio Borba (coordenador de rede da empresa de comunicação paulista), governador Flávio Dino, Silvano Bezerra (diretor da TV UFMA) e Natalino Salgado Filho (reitor da UFMA);(Imagem: Divulgação/TV Cultura)    

Quem mora no Maranhão poderá, agora, assistir aos conteúdos da TV Cultura de São Paulo; a novidade foi anunciada neste mês quando a emissora oficializou parceria com a TV UFMA, da Universidade Federal do Maranhão, e deu vida ao projeto; a ideia é que a TV UFMA disponibilize 75% da grade da Cultura; em contrapartida, a afiliada vai fornecer produção de conteúdo local para a emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta; foto: da esq. p/ dir.] Fábio Borba (coordenador de rede da empresa de comunicação paulista), governador Flávio Dino, Silvano Bezerra (diretor da TV UFMA) e Natalino Salgado Filho (reitor da UFMA);(Imagem: Divulgação/TV Cultura)
 
 
Quem mora no Maranhão poderá, agora, assistir aos conteúdos da TV Cultura de São Paulo; a novidade foi anunciada neste mês quando a emissora oficializou parceria com a TV UFMA, da Universidade Federal do Maranhão, e deu vida ao projeto; a ideia é que a TV UFMA disponibilize 75% da grade da Cultura; em contrapartida, a afiliada vai fornecer produção de conteúdo local para a emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta; foto: da esq. p/ dir.] Fábio Borba (coordenador de rede da empresa de comunicação paulista), governador Flávio Dino, Silvano Bezerra (diretor da TV UFMA) e Natalino Salgado Filho (reitor da UFMA);(Imagem: Divulgação/TV Cultura)     (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Portal Comunique-se - Quem mora no Maranhão poderá, agora, assistir aos conteúdos da TV Cultura de São Paulo. A novidade foi anunciada neste mês quando a emissora oficializou parceria com a TV UFMA, da Universidade Federal do Maranhão, e deu vida ao projeto. Segundo as informações, o momento vai resultar em intercâmbio de informações.

A ideia é que a TV UFMA disponibilize 75% da grade da Cultura. Em contrapartida, a afiliada vai fornecer produção de conteúdo local para a emissora mantida pela Fundação Padre Anchieta. O intercâmbio de conteúdo inclui matérias jornalísticas, cooperação técnica e projetos de coprodução. Com isso, estimasse que 1,5 milhão de habitantes maranhenses terão acesso aos conteúdos por meio do sinal digital do canal 54.

Na inauguração da nova afiliada, estiveram presentes o governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), o reitor da Universidade Federal do Maranhão, Natalino Salgado Filho, e o diretor da TV UFMA, Silvano Bezerra. Coordenador de rede da empresa de comunicação paulista, o coordenador de rede Fábio Borba representou a TV Cultura.

TV Cultura: ganhando territórios pelo Brasil
Neste ano, a TV Cultura firmou parceria semelhante com as emissoras públicas Fundação Paraense de Radiodifusão e a Fundação Piratini, no Pará e no Rio Grande do Sul, respectivamente, além da Vibe TV, da Universidade Vila Velha, no Espírito Santo, e TV Brasil Oeste, no Mato Grosso. Em todos os casos, o foco é promover intercâmbio de conteúdo e expansão.

A partir de agora, com a parceria no Maranhão, o conteúdo do canal televisivo pode ser assistido por cerca de 122 milhões de pessoas, em 24 estados e 1830 municípios do país.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email