Urgente: senador Cid Gomes é baleado em Sobral, em meio a protesto de policiais

O senador Cid Gomes foi baleado com dois tiros no peito nesta quarta-feira (19), em Sobral, ao tentar furar o bloqueio de PMs em protesto. Ele foi atingido com munição letal calibre .40. Cid passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral, será transferido para Santa Casa de Misericórdia de Sobral e deve passar por cirurgia. Vídeo

Senador Cid Gomes é baleado com tiro de borracha em Sobral
Senador Cid Gomes é baleado com tiro de borracha em Sobral (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O senador Cid Gomes (PDT-CE) foi baleado no peito ao tentar furar o bloqueio de PMs em protesto nesta quarta-feira (19) em Sobral, Ceará.

Cid Gomes pilotava uma retroescavadeira quando foi atingido pelas balas. A assessora do senador informou que ele foi encaminhado ao Hospital do Coração de Sobral.

O senador organizava um ato contra uma parcela dos policiais que tenta impedir o trabalho da Polícia Militar, que chegaram a esvaziar pneus de viaturas, impedindo a atuação da polícia nas ruas.

Apesar de informações do movimento de policiais militares apontarem que as balas que atingiram o senador eram de borracha, a assessoria de imprensa da Prefeitura de Sobral confirma que a munição era real, calibre .40.  

"O senador Cid Gomes foi baleado por uma arma de fogo na tarde desta quarta-feira (19), em Sobral. Neste momento, o senador passa por estabilização no Hospital do Coração de Sobral e será transferido para a Santa Casa de Misericórdia de Sobral. Mais informações em instantes", disse o perfil de Cid Gomes no Twitter. 

Os policiais em greve reivindicam aumento salarial.

Confira vídeos que mostram o protesto e Cid Gomes sendo baleado:


 


Leia mais na reportagem da Sputnik sobre o que acontece em Sobral nesta quarta-feira 19:

Encapuzados em carros da PM mandam fechar comércio em Sobral, no Ceará

Sputnik - O comércio do Centro de Sobral, no Ceará, foi fechado na tarde desta quarta-feira por ordens de homens encapuzados em carros da Polícia Militar, categoria que vem realizando protestos no estado por melhores salários.

De acordo com informações do G1, o grupo de encapuzados percorreu a região central da cidade avisando aos comerciantes para baixar as portas de suas lojas, sendo prontamente atendidos. A interrupção no comércio teria durado cerca de 15 minutos, quando alguns vendedores decidiram reabrir seus estabelecimentos em meio a uma intervenção da Polícia Civil e da Guarda Municipal. 

Para a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social, citada pelo portal, as suspeitas são de que o tumulto faça parte de um protesto maior que vem sendo realizado por policiais militares por um aumento salarial, caso que está sendo debatido na Assembleia Legislativa do estado.

Desde 2017, por decisão do Supremo Tribunal Federal, é vedada a paralisação de servidores públicos que atuam em órgãos de segurança, nas carreiras policiais.

Até o momento, não há informações sobre possíveis suspeitos de terem participado da ação realizada nesta tarde.

Participe da campanha de assinaturas solidárias do Brasil 247. Saiba mais.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247