Adolescente de 14 anos é levado pela PM e encontrado morto em hospital no Rio

Ray Pinto Faria, de acordo com a família, foi abordado e levado por policiais militares. Mais tarde, a mãe do garoto o encontrou sem vida no hospital Salgado Filho. O corpo tinha marcas de tiro

Ray Pinto Faria
Ray Pinto Faria (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A família de Ray Pinto Faria, de 14 anos, acusa a Polícia Militar pelo assassinato do adolescente. De acordo com familiares, Ray estava no portão de casa jogando no celular quando foi abordado por policiais militares que realizavam operação no Campinho, na Zona Norte do Rio. Os agentes levaram Ray.

Após algumas horas sem notícias do paradeiro do garoto, parentes foram informados de que Ray estaria no hospital Salgado Filho, onde foi encontrado já sem vida pela mãe.

O corpo foi reconhecido por um primo, que afirmou ter visto marcas de tiro na perna e na barriga. 

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou a entrada no hospital e o reconhecimento do corpo.

A PM, por meio da assessoria de imprensa da Polícia Militar, falou sobre operações realizadas na comunidade do Urubu e na comunidade do Fubá, mas não citou confrontos no Campinho.

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email