Agentes da PRF envolvidos na morte de Genivaldo são afastados

O homem morreu na quarta-feira (25/5) após ficar dois minutos trancado em viatura da PRF numa espécie de câmara de gás improvisada

www.brasil247.com -
(Foto: Reprodução)


Metrópoles - Um dia depois, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) determinou o afastamento dos policiais envolvidos na morte de Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos.

Ele foi colocado dentro de uma espécie de “câmara de gás” improvisada no porta-malas de uma viatura. A ação foi registrada em vídeo e acompanhada por populares. A Polícia Federal investiga o caso.

O homem morreu na quarta-feira (25/5) após abordagem violenta da Polícia Rodoviária Federal (PRF), na BR-101, em Umbaúba (SE). Genivaldo perdeu a vida depois que policiais o acusaram de “desobediência” e resistência à prisão, o jogaram na parte da trás da viatura, atiraram uma bomba de spray de pimenta e o deixaram trancado se debatendo e tentando respirar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Leia a íntegra no Metrópoles.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email