Alexandre Nardoni deixa penitenciária em SP pela primeira vez após 11 anos

Alexandre Nardoni, condenado a mais de 30 anos de prisão pelo assassinato da própria filha, Isabella, deixou a penitenciária 2 de Tremembé, na manhã desta quinta-feira (8), na chamada “saidinha” do Dia Dos Pais

Alexandre Nardoni deixa presídio de Tremembé para saída temporária do dia dos pais
Alexandre Nardoni deixa presídio de Tremembé para saída temporária do dia dos pais (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O bacharel em direito Alexandre Nardoni, condenado a mais de 30 anos de prisão pelo assassinato da própria filha, Isabella, 5, em março de 2008, deixou a penitenciária 2 de Tremembé (a 147 km da capital), na manhã desta quinta-feira (8), na chamada “saidinha” do Dia Dos Pais.  A reportagem é do jornal Folha de S.Paulo. 

Agora, no regime semiaberto, essa é a primeira vez, desde maio de 2008, que ele recebe da Justiça de São Paulo autorização para deixar a prisão sem escolta policial e, também, a primeira vez que volta a encontrar a mulher, Anna Carolina Jatobá, 35, fora da prisão.

A Secretaria da Administração Penitenciária não deu detalhes da saída de ambos, por questões de segurança, mas ambos devem ficar soltos até o final da tarde de domingo (11), quando cada um volta para sua unidade prisional –distantes cerca de dez quilômetros uma da outra.

Segundo funcionários do sistema prisional ouvidos pela reportagem Alexandre e Anna mantêm por uma década uma rotina de troca de cartas. Cerca de 300 mensagens são trocadas por eles por ano.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247