Alinhado com Bolsonaro, Doria afirma que PSDB não pode ser oposição

Demonstrando afinidades com o governo Jair Bolsonaro, marcado pela impopularidade, por declarações polêmicas e por dificuldades de articulação, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que o PSDB não pode ser oposição ao Planalto, mas, de acordo com o tucano, o presidente precisa dialogar. A sigla pretende ensaiar um discurso de oposição ao governo

(Foto: EBC)

247 - Demonstrando afinidades com o governo Jair Bolsonaro, marcado pela impopularidade, por declarações polêmicas e pelas dificuldades de articulação, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que o PSDB não pode ser oposição ao Planalto. Mas, de acordo com o tucano, o presidente precisa entender que é preciso retomar o diálogo. A avaliação foi feita após a notícia de que o partido pretende ensair um discurso de oposição ao governo.

“Melhor opção para o Brasil não é a dos extremos. Exercer o poder executivo, mas fazer isso retomando o diálogo. Espero que isso possa ser retomado pelo presidente, compreendendo que ele ainda tem três anos e meio de governo pela frente”, disse o tucano ao jornal Folha de S.Paulo.

O PSDB continuará a apoiar reformas econômicas, uma de suas bandeiras, mas pretende ser mais crítico em relação a outras pautas. Segundo informou o jornal O Globo, um dos motivos para uma  dos motivos para a nova é postura é a antecipação do calendário eleitoral. 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247