Após aglomerações na praia, litoral de SP tem aumento de casos da Covid-19

Mesmo com altos índices de mortes e de contágio pela Covid-19, milhares de paulistas ignoraram os alertas de distanciamento social e se aglomeraram nas praias no feriado de sete de setembro

(Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Santos e Guarujá, cidades do litoral paulista que recebem grande parte dos banhistas vindos da capital, teve suas praias lotadas durante o último feriado de 7 de setembro, mesmo com o risco de contágio com o coronavírus. 

Nas estradas que ligam as cidades de São Paulo a região litorânea, congestionamentos às vésperas do feriado já indicavam as aglomerações que estavam por vir. 

Após o descumprimento do distanciamento social, Santos e Guarujá já observam maiores índices de contágio e de mortes causados pela Covid-19. A alta tem como base análises de levantamento dos números epidemiológicos realizados pelos próprios municípios e acende um alerta na região, informou o jornal Folha de S.Paulo. 

“A população confundiu flexibilização com banalização. Ainda vivemos uma fase crítica da pandemia, nada mudou. Vimos que as pessoas perderam o medo. Estar descampado, na praia, não significa menor chance de transmissão”, diz o médico Alexandre Naime Barbosa, chefe da infectologia da Unesp, a reportagem. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247