Assalto em Viracopos: dois reféns, dois mortos e três baleados

Ao menos três rapazes roubaram uma empresa de transporte de valores no no terminal de cargas de Viracopos. O aeroporto ficou fechado para pousos e decolagens. A interdição causou prejuízos no trânsito, e motoristas andaram na contramão

(Foto: Arquivo Pessoal)

247 - Assalto ocorrido na manhã de hoje (17) no aeroporto internacional de Viracopos, em Campinas (SP), deixou  até o início da tarde, dois suspeitos mortos, dois vigilantes baleados, além de duas pessoas feitas de refém: uma mulher e uma criança pequena. Polícias Civil e Federal fazem a investigação e Polícia Militar atua na parte ostensiva. 

Três viaturas da GCM (Guarda Civil Metropolitana) de Campinas e uma da PM foram alvejadas durante a perseguição. Um policial foi atingido na perna. Segundo a polícia, dentro da casa dos reféns, há um criminoso. Ao todo, a quadrilha tinha em torno de 12 criminosos.


Por conta do assalto, ambos os sentidos da Rodovia Santos Dumont (SP-75), em Campinas, interior de São Paulo, foram fechados. Ao menos dois caminhões foram incendiados para fechar a rodovia. No momento, a estrada no sentido Campinas já foi liberada e no sentido Indaiatuba permanece bloqueada.

Bandidos fazem reféns após assalto

Um criminoso suspeito de participar do roubo mantém dois reféns em uma casa no bairro Vida Nova, em Campinas (SP), próxima ao aeroporto. Até por volta das 13h15, policiais ainda negociavam a liberação das vítimas – uma mulher e uma criança. Outros dois bandidos foram mortos durante a fuga, segundo a Polícia Militar (PM).

Como foi o assalto

Os criminosos interceptaram, no pátio interno do terminal de cargas, um contêiner que carregava uma grande quantidade de dinheiro e iria ser embarcado em um avião da transportadora UPS. Para chegar até lá, usaram carros clonados. A informação é do Portal G1. 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247