Associação de Médicos pela Democracia cobra punição de estudantes de Medicina envolvidos em masturbação coletiva

"Tais comportamentos são absolutamente inaceitáveis, e a ABMMD repudia veementemente qualquer forma de desrespeito, violência e misoginia", disse a entidade sobre o "punhteaço"

Estudantes de medicina fazm importunação sexual coletiva em São Paulo
Estudantes de medicina fazm importunação sexual coletiva em São Paulo (Foto: Reprodução)


✅ Receba as notícias do Brasil 247 e da TV 247 no canal do Brasil 247 e na comunidade 247 no WhatsApp.

247 - A Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia (ABMMD) divulgou nota em que critica com veemência o comportamento "criminoso" e "repugnante" de estudantes de medicina que fizeram masturbação coletiva diante de atletas femininas. "A simulação de um ato de masturbação coletiva, bem como o desfile de calças abaixadas durante um jogo de vôlei feminino, são atitudes que não apenas chocam, mas também envergonham a comunidade médica e a sociedade como um todo. Tais comportamentos são absolutamente inaceitáveis, e a ABMMD repudia veementemente qualquer forma de desrespeito, violência, misoginia e assédio", disse a entidade médica.

O incidente chocante de importunação sexual aconteceu no último sábado (16) e envolveu mais de 20 acadêmicos do curso de Medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa), localizada em São Paulo. Nas imagens amplamente divulgadas nas redes sociais, os estudantes foram capturados correndo na quadra com suas calças abaixadas, encenando o que foi descrito como uma "Volta Olímpica", enquanto tocavam suas partes íntimas. Outra gravação revelou que alguns estudantes estavam na plateia assistindo ao jogo feminino e também simulando atos de masturbação. O caso gerou revolta nas redes:

continua após o anúncio

Associação de Médicas e Médicos pela Democracia defendeu que educação e formação de futuros profissionais de saúde devem ser pautadas pelo respeito e pela ética. Nossa associação exige das autoridades, dos poderes constituídos, dos centros formadores e das entidades médicas uma reflexão urgente e profunda sobre a cultura e a formação acadêmica", diz a ABMMD.

Leia a nota na íntegra:

continua após o anúncio

A ABMMD repudia veementemente comportamentos criminosos e repugnantes durante o Intermed - SP e exige justiça e respeito na Educação Médica

É com profunda indignação e repúdio que a ABMMD - Associação Brasileira de Médicas e Médicos pela Democracia se manifesta diante dos atos criminosos, deploráveis ​​e abomináveis ​​protagonizados por um grupo de alunos da faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro (Unisa) durante o Intermed, torneio esportivo das faculdades de medicina do estado de São Paulo.

continua após o anúncio

A simulação de um ato de masturbação coletiva, bem como o desfile de calças abaixadas durante um jogo de vôlei feminino, são atitudes que não apenas chocam, mas também envergonham a comunidade médica e a sociedade como um todo. Tais comportamentos são absolutamente inaceitáveis, e a ABMMD repudia veementemente qualquer forma de desrespeito, violência, misoginia e assédio.

A ABMMD exige também que as autoridades competentes investiguem rigorosamente esses atos e tomem as medidas cabíveis para punir os responsáveis ​​de acordo com a lei. Não podemos tolerar a impunidade diante de comportamentos tão repugnantes.

continua após o anúncio

Além disso, a ABMMD repudia qualquer cultura de trote violência, discriminação, humilhação e machismo que possa existir nas instituições de ensino. A educação e formação de futuros profissionais de saúde devem ser pautadas pelo respeito e pela ética.

Nossa associação não compactua com atitudes como essas e reitera o compromisso com valores humanos, democráticos, respeito, inclusão, igualdade e ética na prática médica. Além disso, exige das autoridades, dos poderes constituídos, dos centros formadores e das entidades médicas uma reflexão urgente e profunda sobre a cultura e a formação acadêmica.

continua após o anúncio

Fortaleza, 18 de setembro de 2023. Coordenação Executiva Nacional e Colegiado Nacional da ABMMD.

continua após o anúncio

Assine o 247, apoie por Pix, inscreva-se na TV 247, no canal Cortes 247 e assista:

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

continua após o anúncio

Ao vivo na TV 247

Cortes 247