Balé ucraniano volta ao Rio após 27 anos, na Quinta da Boa Vista

Nesta segunda-feira, espetculo gratuito no parque da zona norte, s 17 horas, de graa; Prefeitura do Rio patrocina o evento em homenagem a So Jorge; companhia se apresenta em nove cidade do pas, em turn nacional

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A Companhia Virsky, do Balé Nacional da Ucrânia, se apresenta nesta segunda-feira (23), a partir das 17 horas, na Quinta da Boa Vista, zona norte do Rio de Janeiro. A Companhia Brasileira de Dança abre a festa que espera reunir cerca de 40 mil pessoas. O encerramento do feriado de São Jorge acontece em grande estilo, já que o espetáculo é semelhante ao russo, Balé Kirov que atraiu multidão no Aterro do Flamengo, no último feriado de 7 de Setembro do ano passado.

A última vez em que o grupo de dança folclórica ucraniana se apresentou no Brasil foi em 1985, com um elenco bem diferente do atual. Similar, mesmo, é a excelência na performance dos dançarinos que desafiam a gravidade. Ao todo, a companhia conta com 80 integrantes, entre membros da orquestra e bailarinos.

A companhia leva o nome de seu fundador, Pavlo Virsky, que levou o grupo ao posto de principal corpo de baile do país. Para a turnê no Brasil, foram preparados dois números novos. Um deles, criado pelo atual diretor geral, Myroslav Vantukh, é uma dança cigana que representa um ritual tradicional da Bessarábia, na qual homens e mulheres “competem”. O outro número consiste numa coreografia masculina de marinheiros.

A turnê do Virsky passa por nove cidades de três regiões do país. Na terça-feira e na quarta, eles sobem ao palco do Teatro João Caetano, com ingressos a R$ 100 (balcão simples) e R$ 150 (plateia, balcão nobre). ação das demais apresentações em outros estados pode ser conferida no blog Passeando pelo cotidiano. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email