Bancários do Rio aceitam proposta dos bancos e encerram greve após 21 dias

Bancrios fluminenses voltam ao trabalho nesta tera-feira (18) e conquistam 9% de reajuste salarial, o que representou 1,5% de ganho real, descontada a inflao; greve tambm foi encerrada em outras capitais brasileiras



Agência Brasil – Depois de 21 dias parados, os bancários fluminenses voltam ao trabalho nesta terça-feira (18). Em três assembleias realizadas no começo da noite - uma envolvendo funcionários da Caixa, outra do Banco do Brasil e mais uma das instituições particulares -, eles decidiram aceitar a proposta dos bancos. A paralisação também terminou em outras capitais brasileiras.

O presidente do Sindicato dos Bancários do Município Rio, Almir Aguiar, comemorou o resultado e considerou a greve vitoriosa. “Foi a maior greve dos últimos 20 anos, paralisamos 9.254 agências em todo o país, o que demonstrou a insatisfação dos bancários em relação à proposta inicial dos banqueiros.”

Os bancários conquistaram 9% de reajuste salarial, o que representou 1,5% de ganho real, descontada a inflação. Também conseguiram um aumento de 12% sobre o piso inicial de um escriturário, para R$ 1.400, além de aumento de 27% sobre o valor fixo pago aos empregados referente à Participação sobre Lucros e Resultados (PLR), chegando a R$ 1.400, mais uma cota de 90% sobre o salário.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O conhecimento liberta. Quero ser membro. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Cortes 247

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email