Beltrame avisa: Bope chega à Maré em breve

Secretrio de Segurana Pblica anuncia que 40 policiais do Bope vo ocupar rea no Complexo da Mar para instalao de base avanada; regio, uma das mais violentas do Rio, abriga traficantes que fugiram de comunidades j pacificadas

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 _Durante visita ao morro do Vidigal, ocupado no domingo durante a operação “Choque da Paz”, o secretário de segurança pública, José Mariano Beltrame, anunciou que 40 homens do Batalhão de Operações Especiais (Bope) ocuparão a área onde será instalada a base avançada da unidade junto ao Complexo da Maré. Beltrame não adiantou quando será instalada a próxima Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na região, mas reiterou o compromisso de implantação de 40 unidades até a Copa de 2014.

Segundo o secretário, o local da próxima UPP já estaria definido, mas não confirmou o local. “A gente não brinca com a esperança das pessoas. Agimos dentro daquilo que a logística nos permite fazer. O planejamento prevê isso até 2014”, disse Beltrame, adiantando que Jacaré e Jacarezinho, na Zona Norte, e comunidades da Zona Oeste, da Baixada Fluminense e de Niterói também serão beneficiados pela UPPs.

De acordo com o secretário, a primeira fase de ocupação da Rocinha, do Vidigal e da Chácara de Céu já foi concluída. Porém, ele não divulgou quando a atual ocupação será substituída definitivamente pela UPP.

O Complexo da Maré abriga aproximadamente, dezesseis comunidades que se espalham por 800 mil metros quadrados próximos à Avenida Brasil e à margem da baía. É conhecida pela violência e ainda abriga vários traficantes que fugiram de comunidades pacificadas.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email