Benedita condena massacre da Globo contra Lula

Em discurso na tribuna da Câmara, a deputada Benedita da Silva (PT-RJ) criticou a extensa cobertura negativa que o Jornal Nacional, da Rede Globo, promove contra a imagem do ex-presidente Lula; parlamentar citou estudo da Uerj, que contabilizou 13 horas de reportagens negativas sobre Lula; "Se dividirmos essas 13 horas de massacre pelos dias em que esse telejornal vai ao ar, vamos constatar que o Jornal Nacional criou praticamente um quadro, com duração de 3 minutos e 31m segundos, para atacar, difamar e caluniar, todas as noites, o ex-presidente Lula. Esse quadro não tem nome, mas poderia se chamar Massacrando Lula"; vídeo

Benedita da Silva 
Benedita da Silva  (Foto: Aquiles Lins)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - Ao apresentar um estudo da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ) feito entre dezembro de 2015 a agosto de 2016, a deputada federal Benedita da Silva (PT/RJ) criticou, na manhã desta quarta-feira (7), na tribuna da Câmara dos Deputados, a cobertura negativa e o verdadeiro ''massacre" que o Jornal Nacional, da Rede Globo, promove contra a imagem do ex-presidente Lula.

A parlamentar destacou que, nesse período, o telejornal apresentou 13 horas de reportagens negativas sobre o ex-presidente e nem um segundo sequer de viés positivo.

"Se dividirmos essas 13 horas de massacre pelos dias em que esse telejornal vai ao ar, vamos constatar que o Jornal Nacional criou praticamente um quadro, com duração de 3 minutos e 31m segundos, para atacar, difamar e caluniar, todas as noites, o ex-presidente Lula. Esse quadro não tem nome, mas poderia se chamar Massacrando Lula".

Assista ao vídeo do discurso da deputada:

  

 

O estudo da UERJ foi preparado pelo cientista político, sociólogo e mestre em Filosofia João Feres Júnior, que é vice-diretor do Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade Federal do Rio de Janeiro e também coordenador do Laboratório de Estudos de Mídia e Esfera Pública (LEMEP), que produz o Manchetômetro, indicador das tendências políticas da mídia brasileira.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247