Bolsonaristas atacam ato por mortos pela Covid-19 em Copacabana e pai de vítima se revolta (vídeo)

Sem máscaras, bolsonaristas agridem e arrancam cruzes fincadas na areia da praia de Copacabana em memória aos mortos pelo coronavírus. Pai de jovem de 25 anos que morreu recoloca: "Respeita a dor dos outros"

Bolsonaristas atacam ato em Copacabana
Bolsonaristas atacam ato em Copacabana (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Revista Fórum - Um ato realizado nesta quinta-feira (11) pela ONG Rio de Paz na Praia de Copacabana, em memória das milhares de vítimas da Covid-19, foi atacado por um grupo de apoiadores do presidente Jair.

Em vídeo divulgado na internet pela própria organização, um homem aparece arrancando algumas das cem cruzes que foram fincadas na praia, ao lado de covas rasas feitas na areia, representando os milhares de mortos pelo coronavírus. “Não pense que todo mundo é cordeiro, não. Todo mundo já acordou. (inaudível) da esquerda. Ninguém suporta mais isso. Criando terror. Isso é terror. Isso é bobagem”, diz o homem, sem máscara, que caminha pela praia.

 

Leia mais na Fórum.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247