Bolsonarista Daniel Silveira participa de audiência de custódia, o que já chamou de "coisa de vagabundo"

O deputado bolsonarista, preso por ameaçar ministros do STF, tem a possibilidade de ser solto após a audiência

Dep. Daniel Silveira (PSL - RJ)
Dep. Daniel Silveira (PSL - RJ) (Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Preso por ameaçar ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) em vídeo divulgado nas redes, o deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ) criticou há dois meses aqueles que defendem a audiência de custódia.

O parlamentar, no entanto, passa na tarde desta quinta-feira (18) por uma audiência de tal tipo, que pode libertá-lo da prisão, ainda que as chances sejam pequenas.

De acordo com Silveira, os que são favoráveis a audiências de custódia são "vagabundos". "Qualquer juiz, defensor, promotor, parlamentar ou seja lá quem for que defenda audiência de custódia é vagabundo e merece ser tratado como tal. Só para deixar registrado mesmo", escreveu o deputado em 19 de dezembro de 2020.

A audiência de custódia tem por finalidade avaliar possíveis ilegalidades nas prisões em flagrante.

 

tweet-daniel-silveira

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email