Bolsonaro pode disputar a CDH da Câmara Federal

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) poderá disputar a presidência da Comissão de Direitos Humanos da Câmara; isso porque o ex-presidente da comissão Marco Feliciano (PSC-SP) fez uma consulta à Secretaria Geral da Mesa sobre a possibilidade de o parlamentar concorrer, nesta quarta-feira, às 14h, à presidência do colegiado como candidato avulso; a secretaria deu aval à candidatura do congressista

Brasília - O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) fala sobre a representacao dos deputados da Comissão de Direitos Humanos e da Subcomissão da Verdade que protocolaram  na presidência da Câmara representação por quebra de decoro parlamentar. Os deputados alega
Brasília - O deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) fala sobre a representacao dos deputados da Comissão de Direitos Humanos e da Subcomissão da Verdade que protocolaram na presidência da Câmara representação por quebra de decoro parlamentar. Os deputados alega (Foto: Leonardo Lucena)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) poderá disputar a presidência da Comissão de Direitos Humanos e Minorais (CDH) da Câmara. Isso porque o ex-presidente da comissão Marco Feliciano (PSC-SP) fez, na noite desta terça-feira (26), uma consulta à Secretaria Geral da Mesa sobre a possibilidade de o parlamentar concorrer, nesta quarta-feira, às 14h, à presidência do colegiado como candidato avulso. A secretaria deu aval à candidatura do congressista. A informação é do jornal O Globo.

É bom lembrar que houve um acordo no PT do governo para o deputado Assis Couto (PR) assumir a comissão (leia mais aqui). Mas até o final desta terça os petistas ainda estavam decidindo sobre quem seria o escolhido.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email