Boulos cresce 5 pontos e Russomanno é ultrapassado por Covas, diz Paraná Pesquisas

De acordo com o Instituto Paraná Pesquisas, o candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) cresceu cinco pontos desde o último levantamento, há um mês, e está com 13,4% dos votos. Em primeiro lugar está o prefeito Bruno Covas (PSDB), com 25,6%, após ter ultrapassado Celso Russomanno (Republicanos), que perdeu mais de 6 pontos e agora tem 19,5%

Celso Russomanno, Bruno Covas e Guilherme Boulos
Celso Russomanno, Bruno Covas e Guilherme Boulos (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O Instituto Paraná Pesquisas divulgou nesta terça-feira (3) um estudo apontando que o candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos, cresceu cinco pontos percentuais desde o último levantamento feito há um mês e está com 13,4% das intenções de votos. 

Em primeiro lugar está o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB), com 25,6% - nos dados anteriores, o tucano tinha 21,5% e estava na segunda posição. De acordo com as novas estatísticas, atrás do chefe do Executivo municipal ficou Celso Russomanno (Republicanos), que perdeu mais de 6 pontos e agora tem 19,5%.

Os números mostraram que Márcio França (PSB) tem 10% e Jilmar Tatto (PT), 5%. Na pesquisa anterior, o ex-governador de São Paulo tinha 8,3% e o petista, 2,6%. 

O candidato Orlando Silva (PCdoB) caiu 0,5% para 0,3%.

Foram entrevistados 1000 eleitores, com 16 anos ou mais, durante os dias 29 de outubro a 01 de novembro de 2020. Tal amostra atinge um grau de confiança de 95,0% para uma margem estimada de erro de aproximadamente 3 pontos percentuais para mais ou para menos.

A Paraná Pesquisas encontra-se registrada no Conselho Regional de Estatística da 1ª, 2ª, 3ª, 4ª, 5ª, 6ª e 7ª Região sob o nº 3122/20. De acordo com a Resolução-TSE nº. 23.600/2019, essa pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o nº SP-09440/2020. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

Cortes 247

Apoie o 247

WhatsApp Facebook Twitter Email