BRT sai do papel

Primeira estao do Bus Rapid Transit, a da Barra da Tijuca, j est aberta para a populao

A primeira estação do BRT (Bus Rapid Transit) do Rio está aberta para a visita da população. A estrutura instalada na Barra da Tijuca integra o traçado da Transoeste – corredor entre Santa Cruz, Campo Grande e a região do Jardim Oceânico – e vai servir de modelo para os cariocas conferirem e os engenheiros avaliarem o funcionamento do futuro transporte.

Previsto para ficar pronto no primeiro semestre de 2012, o corredor Transoeste terá 64 estações BRT, algumas delas integradas a outros meios de transporte, como trens e metrô. A previsão é que o sistema beneficie 220 mil pessoas por dia, reduzindo o tempo entre os bairros da Zona Oeste – Santa Cruz, Campo Grande e Barra da Tijuca – pela metade.

A estação BRT está localizada em frente ao condomínio Novo Leblon. Vai servir também de vitrine, permitindo à população se ambientar à nova realidade do sistema de ônibus na cidade. Uma segunda estrutura igual está em fase de conclusão no trevo entre a Avenida das Américas e a Estrada do Magarça, em Guaratiba.

Produzida toda em chapas de aço, a estação BRT Novo Leblon tem 250 m² de área interna e uma arquitetura que permitiu a criação de um ambiente iluminado e fresco – mesmo trabalhando em sua capacidade máxima, de 5 mil passageiros por hora –, sem a utilização de equipamentos que gerariam consumo de energia.

Todas as estações BRT seguirão o padrão da Novo Leblon, mas poderão variar de extensão, de acordo com a característica do local – escolhido para receber o serviço de ônibus expresso ou parador – ou a demanda por transporte na região. As do Barrashopping e do Cesarão, em Santa Cruz, por exemplo, terão capacidade para até 15 mil passageiros por hora.

O tempo de espera também será padronizado – entre um minuto e um minuto e meio –, permitindo ao passageiro se programar para a chegada do próximo ônibus. As informações serão fornecidas por painéis de LCD instalados no interior das estações, que também vão alertar sobre o funcionamento do sistema.

 

Ao vivo na TV 247 Youtube 247