Cabaré fascista pega fogo: Mamãe Falei e Carteiro Reaça trocam farpas e clima esquenta

O deputado estadual ‘Mamãe Falei’ (Patriota) acusa colegas de disseminação de fake news. Ele diz que o “Carteiro Reaça” (Gil Diniz - PSL) e Douglas Garcia (PSL), ambos bolsonaristas, utilizam assessores para operar posts de difamação em redes sociais.

Mamãe Falei e Carteiro Reaça
Mamãe Falei e Carteiro Reaça (Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O deputado estadual Mamãe Falei (Artur do Val) acusou seu colega na Alesp, Gil Diniz (Carteiro Reaça) de desovar fake news para difamá-lo. Do Val disse que a estratégia consiste em protocolar uma denúncia anônima no Ministério Público Estadual contra um inimigo político e depois espalhar a "notícia" em blogs de aliados do presidente Jair Bolsonaro.

A reportagem do jornal O Estado de S. Paulo destaca que “a partir do link gerado na plataforma bolsonarista, outros blogs de seguidores do presidente compartilharam o notícia. Artur do Val diz que vai denunciar o colega  por denúncia caluniosa e fake news eleitoral, mas ainda não decidiu se acionará também o Conselho de Ética da Assembleia.”

A matéria ainda informa que “o embate entre bolsonaristas e representantes do MBL chegou ao Palácio da Alvorada na manhã desta quarta, quando uma integrante do grupo questionou publicamente o presidente Jair Bolsonaro sobre sua postura diante das mais de 38 mil mortes provocadas pela covid-19 no País. Irritado, o presidente expulsou a militante e disse que ela deveria fazer o mesmo questionamento ao governador de seu Estado. Cristiane Bernart é paulista e trabalha como assessora de outro político do MBL, o vereador por São Paulo Fernando Holiday (Patriota).”

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como:

• Cartão de crédito na plataforma Vindi: acesse este link

• Boleto ou transferência bancária: enviar email para [email protected]

• Seja membro no Youtube: acesse este link

• Transferência pelo Paypal: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Patreon: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Catarse: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Apoia-se: acesse este link

• Financiamento coletivo pelo Vakinha: acesse este link

Inscreva-se também na TV 247, siga-nos no Twitter, no Facebook e no Instagram. Conheça também nossa livraria, receba a nossa newsletter e ative o sininho vermelho para as notificações.

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247