Cabral é denunciado pela 11ª vez na Lava Jato

Ministério Público Federal denunciou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) pela 11ª vez por crimes praticados no âmbito da operação Lava Jato; nova denúncia do MPF inclui também a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo e os operadores Carlos Miranda e Luiz Carlos Bezerra; peça é baseada em depoimentos de delação premiada de membros da joalheria H.Stern, que acusaram Cabral e Adriana Ancelmo transações supostamente intermediadas por Miranda e Bezerra

Ex-governador do Rio Sérgio Cabral 
Ex-governador do Rio Sérgio Cabral  (Foto: Aquiles Lins)

Rio 247 - O Ministério Público Federal denunciou o ex-governador do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) pela 11ª vez por crimes praticados no âmbito da operação Lava Jato. 

A nova denúncia do MPF inclui também a ex-primeira-dama Adriana Ancelmo e os operadores Carlos Miranda e Luiz Carlos Bezerra. Peça é baseada em depoimentos de delação premiada de membros da joalheria H.Stern, que acusaram Cabral e Adriana Ancelmo transações supostamente intermediadas por Miranda e Bezerra.

Cabral já foi condenado a 14 anos de prisão pelo juiz Sérgio Moro. Os demais processos tramitam na 7ª Vara Federal Criminal do Rio, cujo responsável é o juiz Marcelo Bretas.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247