Cabral: perda de royalties pode prejudicar o estado em caso de acidente

Governador diz que Rio vive momento de tenso por causa de vazamento de leo na Bacia de Campos causado pela Chevron; Cabral disse que est preocupado com os danos ambientais

Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

O governador Sérgio Cabral disse, nesta sexta-feira (18/11), que está preocupado com os danos ambientais que o vazamento de óleo da empresa Chevron, na Bacia de Campos, pode causar à costa fluminense e ressaltou a importância dos recursos dos royalties para se lidar com esse tipo de problema.

- O governo do Estado vive um momento de tensão. Esse acidente é uma prova de que os estados produtores devem receber uma parte maior dos royalties. Estamos preocupados com os danos ambientais que podem ser causados por empresas e se o estado não tiver os recursos dos royalties para previnir esse tipo de acidente - afirmou.

Cabral fez o comentário durante a cerimônia de inauguração da fábrica da Nestlé em Três Rios. Ele ressaltou, no entanto, que o secretário do Ambiente, Carlos Minc, e a presidente do Inea, Marilene Ramos, já estão avaliando a situação e cobrando as providências necessárias.

Após sobrevoar a região, o secretário do Ambiente, Carlos Minc, informou que se reunirá na próxima segunda-feira (21/11) com o presidente do Ibama, Curt Trennepohl, para juntar os dados recolhidos pelo instituto e pela secretaria, definir o valor da reparação e da multa, e propor medidas mais rígidas de prevenção. Ainda na segunda-feira, Minc se encontrará com o delegado-chefe da Delegacia de Meio Ambiente e Patrimônio Histórico da Polícia Federal, Fábio Sclair.

 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

WhatsApp Facebook Twitter Email