Candidato gay quer criar ‘Virada LGBT’ em São Paulo

A ideia é fazer eventos em todas as partes da cidade, aproveitando artistas de vários bairros, e usando a estrutura de bares, baladas e teatros locais voltados para a comunidade LGBT

William De Lucca
William De Lucca (Foto: Divulgação)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Um dia inteiro de eventos em todas as regiões de São Paulo para celebrar a diversidade. Esta é uma das propostas que o jornalista e ativista LGBT De Lucca, candidato a vereador pelo PT, quer implementar em seu mandato ano que vem. 

A ideia é fazer eventos em todas as partes da cidade, aproveitando artistas de vários bairros, e usando a estrutura de bares, baladas e teatros locais voltados para a comunidade LGBT para realizar apresentações, palestras, rodas de conversa e festas – tudo subsidiado pelo poder público municipal. 

“A gente vai colorir a cidade de São Paulo inteira com a Virada LGBT, criando eventos para a nossa comunidade para celebrarmos a diversidade e combatermos a LGBTfobia com cultura e informação”, diz De Lucca.

Virada LGBT: emprego e renda

De Lucca lembra também do retorno financeira da Parada do Orgulho LGBT como exemplo de como projetos como este podem trazer oportunidades econômicas se aprovados na Câmara e implementados pela Prefeitura.

“A Parada movimentou R$ 403 milhões na economia de São Paulo em 2019, segundo dados da própria Prefeitura. O valor é 40% maior do que o registrado no ano anterior! Com a Virada LGBT, podemos fazer um movimento que atrairá retorno financeiro para a cidade, gerando emprego e renda para milhares de trabalhadores, além de valorização para os artistas e oportunidades de entretenimento e informação para os frequentadores”, disse De Lucca. 

“Quanto mais propostas tivermos neste sentido, melhor! Por isso quero que o evento seja registrado na forma de lei aprovada na Câmara, para que não fique à mercê da boa vontade do prefeito da vez, que pode ser um indivíduo contrário aos interesses da nossa comunidade”, explicou.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247