Carlos Bolsonaro admite uso do fundo eleitoral e diz que doará parte de salário

Documentos enviados à Justiça Eleitoral mostraram que R$ 22 mil, em materiais para a campanha de reeleição, foram recebidos por Carlos Bolsonaro através da chapa do prefeito do Rio, Marcelo Crivella. A origem do dinheiro foi o fundo eleitoral. O vereador disse que doará parte de seu salário para devolver o valor gasto com os recursos

Carlos Bolsonaro
Carlos Bolsonaro (Foto: Reprodução/Rede Social)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O vereador do Rio de Janeiro Carlos Bolsonaro (Republicanos), candidato à reeleição, admitiu o recebimento de adesivos e cartões de campanha com dinheiro do fundo eleitoral. O parlamentar afirmou que tomou conhecimento do fato recentemente e que doará parte de seu salário como forma de devolver o valor gasto com os recursos. 

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, documentos enviados à Justiça Eleitoral mostraram que R$ 22.125, em materiais para a campanha de reeleição, foram recebidos da chapa de Marcelo Crivella (Republicanos) - o prefeito do Rio tenta um novo mandato. O valor corresponde a 33,5% do total de receitas declarado pelo filho de Jair Bolsonaro. A origem do dinheiro foi o fundo eleitoral.

"Recentemente, tomamos conhecimento da origem dos recursos dos materiais doados pelo partido (adesivos e cartões de apresentação) após realizarmos a última prestação de contas, como constatado em declaração pública no TSE. Nos mobilizamos para devolver tais recursos, mas via de regra não existe essa opção", disse.

"Assim sendo, respeitando nossos princípios, me comprometi a, periodicamente, destinar parte do meu salário a entidades que promovam a caridade ou as pautas de nossos eleitores, até chegar ao valor equivalente, cerca de R$ 22 mil reais".

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247