Centro de detenção tem rebelião de jovens no Rio

Adolescentes do Educandário Santo Expedito, em Bangu, zona oeste do Rio, fizeram uma rebelião; eles destruíram seis alojamentos e parte da escola e do local onde frequentam cursos. Também atearam fogo em colchões; não houve fugas e nem feridos, segundo a assessoria do Departamento Geral de Ações Sócioeducativas (Degase), da Secretaria de Estado de Educação

Adolescentes do Educandário Santo Expedito, em Bangu, zona oeste do Rio, fizeram uma rebelião; eles destruíram seis alojamentos e parte da escola e do local onde frequentam cursos. Também atearam fogo em colchões; não houve fugas e nem feridos, segundo a assessoria do Departamento Geral de Ações Sócioeducativas (Degase), da Secretaria de Estado de Educação
Adolescentes do Educandário Santo Expedito, em Bangu, zona oeste do Rio, fizeram uma rebelião; eles destruíram seis alojamentos e parte da escola e do local onde frequentam cursos. Também atearam fogo em colchões; não houve fugas e nem feridos, segundo a assessoria do Departamento Geral de Ações Sócioeducativas (Degase), da Secretaria de Estado de Educação (Foto: Leonardo Lucena)

Vladimir Platonow - Repórter da Agência Brasil 

Adolescentes do Educandário Santo Expedito, em Bangu, zona oeste do Rio, fizeram uma rebelião, na tarde de hoje (24). Eles destruíram seis alojamentos e parte da escola e do local onde frequentam cursos. Também atearam fogo em colchões. Não houve fugas e nem feridos, segundo a assessoria do Departamento Geral de Ações Sócioeducativas (Degase), da Secretaria de Estado de Educação.

A rebelião começou por volta das 15h30 e foi controlada às 17h30, com a atuação dos agentes do Degase, sem necessidade de intervenção da Polícia Militar, que ficou apenas do lado de fora da instituição. Um grupo de voluntários religiosos que estavam na unidade no momento da rebelião ficou retido, mas não foi tomado como refém, segundo informações que chegaram a circular. De acordo com a assessoria, o educandário foi projetado para receber 232 adolescentes, mas atualmente abriga 301. O motivo da rebelião ainda não foi divulgado.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247