Chico e Carol Proner curtiram a Tuiuti

A reapresentação do desfile da Paraíso da Tuiuti nesta madrugada foi prestigiada por milhares de brasileiros, entre eles o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda e sua namorada, a professora de Direito da UFRJ Carol Proner; ela divulgou em sua página no Facebook foto dos dois momentos antes de partirem para a Sapucaí; os dois assistiram ao Vampirão ser impedido de desfilar com a faixa presidencial

A reapresentação do desfile da Paraíso da Tuiuti nesta madrugada foi prestigiada por milhares de brasileiros, entre eles o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda e sua namorada, a professora de Direito da UFRJ Carol Proner; ela divulgou em sua página no Facebook foto dos dois momentos antes de partirem para a Sapucaí; os dois assistiram ao Vampirão ser impedido de desfilar com a faixa presidencial
A reapresentação do desfile da Paraíso da Tuiuti nesta madrugada foi prestigiada por milhares de brasileiros, entre eles o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda e sua namorada, a professora de Direito da UFRJ Carol Proner; ela divulgou em sua página no Facebook foto dos dois momentos antes de partirem para a Sapucaí; os dois assistiram ao Vampirão ser impedido de desfilar com a faixa presidencial (Foto: Aquiles Lins)

247 - A reapresentação do desfile da Paraíso da Tuiuti nesta madrugada foi prestigiada por milhares de brasileiros, entre eles o cantor e compositor Chico Buarque de Holanda e sua namorada, a professora de Direito da UFRJ Carol Proner. 

Proner divulgou em sua página no Facebook foto dos dois momentos antes de partirem para a Sapucaí. Eles assistiram ao Vampirão ser impedido de desfilar com a faixa presidencial. 

Leia, abaixo, material da revista Fórum sobre o assunto: 

A apresentação da Paraíso do Tuiuti no desfile das campeãs do Carnaval do Rio de Janeiro, na noite deste sábado (17), foi marcada por protestos e polêmicas. Leonardo Moraes, professor de História que representou o icônico “vampiro neoliberalista”, desfilou sem a faixa presidencial. Pouco antes do desfile, integrantes da escola teriam relatado à veículos de imprensa que representantes da presidência da República teriam dado ordens para que Moraes não desfilasse. Ele acabou desfilando, mas sem o uso do adereço.

Mídia Ninja, que estava no local, informa que “a Presidência da República deu ordens extraoficiais para que a faixa não fizesse parte do desfile”. O jornal O Globo, por sua vez, apurou que representantes da Presidência teriam, antes do desfile, solicitado que o destaque não desfilasse. Ao final da apresentação, Leonardo Morais disse à jornalistas que perdeu a faixa, mas a reportagem do jornal O Globo informa que viu o professor guardando a faixa. As informações não foram confirmadas oficialmente nem pela escola de samba e nem pela presidência.

O desfile em si foi marcado por gritos e placas de ‘Fora, Temer’ tanto na avenida quanto na arquibancada. Manifestações contra a intervenção militar no Rio de Janeiro também foram registradas entre os foliões.

Inscreva-se na TV 247 e assista ao Bom dia 247 deste domingo, com Leonardo Attuch:

 

 

 

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247