Covas mantém aulas presenciais em SP apenas para o ensino médio

"Não é o momento de ampliar a flexibilização", afirmou o prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB). Somente estudantes de ensino médio terão aulas presenciais em dezembro na capital

Bruno Covas
Bruno Covas (Foto: Governo de São Paulo)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), anunciou nesta quinta-feira (19) que não haverá nova flexibilização das aulas na capital paulista em dezembro. Somente estudantes de ensino médio terão aulas presenciais. "Não é o momento de ampliar a flexibilização", afirmou. 

Segundo números da Fundação Seade (Sistema Estadual de Análise de Dados), nos primeiros 17 dias de novembro, houve um crescimento de 29,5% nos novos casos de coronavírus na cidade, em comparação com o mesmo período no mês de outubro.

De acordo com as medidas anunciadas pela prefeitura, os ensinos infantil e fundamental seguirão autorizados a realizar atividades extracurriculares (como aulas de música, dança ou línguas) e de acolhimento de forma presencial. As regras valem para as escolas públicas e particulares.

"Vamos continuar no mesmo estágio, com as mesmas atividades abertas, com o mesmo protocolo a ser respeitado", disse. 

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247