Covereadora Carol Iara, do PSOL, é vítima de atentado a tiros em São Paulo

Na madrugada desta quarta-feira (27), dois tiros foram disparados para dentro da residência da integrante da Bancada Feminista do PSOL na Câmara de São Paulo. Ela está bem e vai registrar Boletim de Ocorrência

(Foto: Reprodução)
Siga o Brasil 247 no Google News

247 - A covereadora da cidade de São Paulo pela Bancada Feminista do PSOL Carolina Iara foi vítima de um atentado a tiros na madrugada desta quarta-feira (27) na capital paulista. Dois tiros foram disparados para dentro de sua residência. 

Carol Iara, que é uma mulher negra intersexo e comentarista do programa Giro das 11, da TV 247, está bem e em segurança. Ela registrará Boletim de Ocorrência na Delegacia de Proteção a Pessoa às 15h30, na Rua Brigadeiro Tobias, 527.

A Bancada Feminista do PSOL foi eleita para a Câmara Municipal de São Paulo na eleição de outubro de 2020 com 46.267 votos. Além de Carol, fazem parte da bancada a professora Silvia Ferraro, a ativista Paula Nunes, a advogada Dafne Sena e a tradutora Natália Chaves.

PUBLICIDADE

A deputada Sâmia Bomfim, líder do PSOL na Câmara, cobrou investigação e punição dos responsáveis. 

O conhecimento liberta. Saiba mais. Siga-nos no Telegram.

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Apoie o 247

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247

PUBLICIDADE

Cortes 247

PUBLICIDADE
WhatsApp Facebook Twitter Email