Cozinheira de acampamento em SP por intervenção militar morre de coronavirus

Geni Francisca de Mello morreu por coronavírus no dia 12 de junho, após ficar 33 dias internadas. Seus companheiros do acampamento continuam minimizando a pandemia

Geni Francisca de Mello
Geni Francisca de Mello (Foto: Felipe Pereira)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - Moradora e cozinheira do acampamento pela “intervenção militar com Bolsonaro no poder” em São Paulo, Geni Francisca de Mello morreu por coronavírus no dia 12 de junho, após ficar 33 dias internadas.

Um dos integrantes do acampamento, Alexandre Neves, procurou minimizar a doença e disse que existe um alarde excessivo para desestabilizar Jair Bolsonaro. "Outras pessoas que fazem parte do nosso movimento também pegaram. Eu peguei, mas não passou de uma coriza e a boca seca. Teve gente que pegou, se curou e voltou para o acampamento”.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247