Crivella diz que servidores aposentados não contribuirão com Previ-Rio

Novo prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB) disse neste domingo que não vai estabelecer uma contribuição para os servidores aposentados do município ao PreviRio, que ganham acima do teto do INSS, embora haja recomendação do Tribunal de Contas do Município e da Procuradoria-Geral do Município neste sentido; "Não é a minha intenção fazer isso. A minha intenção é capitalizar o fundo. Como vou fazer isso? Com essas parcerias público-privadas. Nós vamos fazer parcerias, vamos aumentar o número de concessões, de outorgas... a prefeitura tem um patrimônio econômico. Se nós conseguirmos capitalizar, é isso que vamos colocar no nosso Fundo", disse Crivella

Novo prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB) disse neste domingo que não vai estabelecer uma contribuição para os servidores aposentados do município ao PreviRio, que ganham acima do teto do INSS, embora haja recomendação do Tribunal de Contas do Município e da Procuradoria-Geral do Município neste sentido; "Não é a minha intenção fazer isso. A minha intenção é capitalizar o fundo. Como vou fazer isso? Com essas parcerias público-privadas. Nós vamos fazer parcerias, vamos aumentar o número de concessões, de outorgas... a prefeitura tem um patrimônio econômico. Se nós conseguirmos capitalizar, é isso que vamos colocar no nosso Fundo", disse Crivella
Novo prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB) disse neste domingo que não vai estabelecer uma contribuição para os servidores aposentados do município ao PreviRio, que ganham acima do teto do INSS, embora haja recomendação do Tribunal de Contas do Município e da Procuradoria-Geral do Município neste sentido; "Não é a minha intenção fazer isso. A minha intenção é capitalizar o fundo. Como vou fazer isso? Com essas parcerias público-privadas. Nós vamos fazer parcerias, vamos aumentar o número de concessões, de outorgas... a prefeitura tem um patrimônio econômico. Se nós conseguirmos capitalizar, é isso que vamos colocar no nosso Fundo", disse Crivella (Foto: Romulo Faro)

Rio 247 - O novo prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (PRB) disse neste domingo que não vai estabelecer uma contribuição para os servidores aposentados do município ao PreviRio, que ganham acima do teto do INSS, embora haja recomendação do Tribunal de Contas do Município (TCM) e da Procuradoria-Geral do Município neste sentido. 

"Seria o que passa do teto. Por exemplo, quem ganha R$ 10 mil, os 11% incidiriam sobre a diferença (R$ 10 mil menos R$ 5.189,82. Agora, não é a minha intenção fazer isso. A minha intenção é capitalizar o fundo. Como vou fazer isso? Com essas parcerias público-privadas. Nós vamos fazer parcerias, vamos aumentar o número de concessões, de outorgas... a prefeitura tem um patrimônio econômico. Se nós conseguirmos capitalizar, é isso que vamos colocar no nosso Fundo. E, depois de capitalizar, vamos fazer com que ele seja fonte de crédito para os nossos funcionários", disse Crivella.

Segundo o prefeito, em 2016 o déficit do Previ-Rio foi de R$ 400 milhões, e a previsão para 2017 é que seja de R$ 600 milhões.

Conheça a TV 247

Ao vivo na TV 247 Youtube 247