David Miranda questiona moral da Globo após escândalo de propina

"A Globo alegou corrupção para orquestrar o golpe. Agora foi pega pagando propina para a Fifa. Nunca foi sobre corrupção!", escreveu o vereador do Rio de Janeiro David Miranda (PSOL) no Twitter; ele se refere à denúncia de que a Rede Globo pagou propina diretamente pelos direitos de transmissão de jogos da FIFA no Brasil

"A Globo alegou corrupção para orquestrar o golpe. Agora foi pega pagando propina para a Fifa. Nunca foi sobre corrupção!", escreveu o vereador do Rio de Janeiro David Miranda (PSOL) no Twitter; ele se refere à denúncia de que a Rede Globo pagou propina diretamente pelos direitos de transmissão de jogos da FIFA no Brasil
"A Globo alegou corrupção para orquestrar o golpe. Agora foi pega pagando propina para a Fifa. Nunca foi sobre corrupção!", escreveu o vereador do Rio de Janeiro David Miranda (PSOL) no Twitter; ele se refere à denúncia de que a Rede Globo pagou propina diretamente pelos direitos de transmissão de jogos da FIFA no Brasil (Foto: Romulo Faro)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

Rio 247 - "A Globo alegou corrupção para orquestrar o golpe. Agora foi pega pagando propina para a Fifa. Nunca foi sobre corrupção!", escreveu o vereador do Rio de Janeiro David Miranda (PSOL) no Twitter.

Ele se refere à denúncia de que a Rede Globo pagou propina diretamente pelos direitos de transmissão de jogos da FIFA no Brasil. O próprio diretor da Globo Esporte da época, Marcelo Campos Pinto, teria se encontrado, em 2012, com cartolas do esquema - Julio Humberto Grondona, José Maria Marin, Marco Polo Del Nero e Alejandro Burzaco - acertando o repasse de $ 600 mil a Marín e Del Nero.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247