Desembargadora é condenada por associar Marielle Franco a criminosos, diz irmã da vereadora assassinada

Segundo a jornalista Anielle Franco, a desembargadora Marilia de Castro Neves foi condenada pela Justiça por dizer que a ex-vereadora assassinada em 2018 tinha sido eleita por organização criminosa

Marília Castro Neves /  Marielle Franco
Marília Castro Neves / Marielle Franco (Foto: Reprodução/Facebook | Mídia NINJA)
Siga o Brasil 247 no Google News Assine a Newsletter 247

247 - A jornalista e educadora Anielle Franco, irmã da vereadora Marielle Franco, afirmou nesta sexta-feira (30) que a desembargadora Marilia de Castro Neves, do Tribunal de Justiça do Rio, foi condenada pela Justiça por dizer que a ex-vereadora assassinada em 2018 tinha sido eleita por organização criminosa.

"A desembargadora que disse que a minha irmã tinha envolvimento com bandidos, foi condenada por danos morais e vai ter que pagar uma indenização a nossa família. É o mínimo, mas não paga o preço de ver a história da minha irmã sendo deturpada dias após o seu assassinato", escreveu Anielle pelo Twitter. 

"Quiseram matar minha irmã duas vezes. Mas não permitiremos! Seguiremos o resto da vida defendendo a memória, o legado, e a honra de Marielle!", acrescentou.  

Em posicionamento enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ) em agosto deste ano, a Procuradoria Geral da República (PGR) pediu a condenação da desembargadora Marília de Castro Neves pelo crime de calúnia contra Marielle Franco.

A subprocuradora-geral da República Lindôra Araújo pede, na manifestação, que o STJ não considere que Marília foi "induzida ao erro". "As frases e expressões usadas pela desembargadora corroboram a existência do dolo genérico e específico", aponta a subprocuradora-geral.

O conhecimento liberta. Saiba mais

A você que chegou até aqui, agradecemos muito por valorizar nosso conteúdo. Ao contrário da mídia corporativa, o Brasil 247 e a TV 247 se financiam por meio da sua própria comunidade de leitores e telespectadores. Você pode apoiar a TV 247 e o site Brasil 247 de diversas formas. Veja como em brasil247.com/apoio

Comentários

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não do 247